Recursos e ferramentas para ajudar sua empresa a expandir globalmente

flag Índia Governo e política na Índia

Contexto político

Os líderes políticos no poder
Presidente: Ram Nath Kovind (desde 25 julho de 2017) - BJP
Vice-presidente: M. Venkaih Naidu (desde 11 de agosto de 2017) - BJP
Primeiro-Ministro: Narendra Damodardas Modi (desde 26 de maio de 2014) - BJP
Próximas datas da eleição
Presidenciais: julho 2022
Legislativas: abril-maio 2024
Current Political Context
Em maio de 2019, o primeiro-ministro indiano Narendra Modi foi reeleito com um amplo mandato para um segundo mandato de cinco anos e a coalizão no poder deve permanecer até o final de seu mandato, em 2024. Sua campanha política se concentrou na criação de empregos, em uma economia mais liberal e investimento em infraestrutura, ao mesmo tempo em que combate a corrupção e promove o nacionalismo hindu. A agenda nacionalista de Modi, no entanto, abalou os investidores estrangeiros, que estão interessados ​​em políticas seculares. Em 2021, a Índia iniciou seu mandato de dois anos como membro não permanente do UNSC, marcando a oitava vez que o país se estabeleceu no conselho. Além disso, em 2022, os indianos foram às cédulas para votar nas eleições presidenciais e legislativas estaduais. Com 64,03% dos votos, o candidato do BJP, Draupadi Murmu, foi eleito o novo presidente da Índia. Draupadi Murmu é a primeira pessoa pertencente à comunidade tribal e também a segunda mulher a ocupar o cargo, além de ser a pessoa mais jovem a ocupar o cargo. Além disso, o ex-governador de Bengala Ocidental e candidato do BJP, Jagdeep Dhankhar, foi eleito vice-presidente com 74,37% dos votos. O ano também diz eleições parciais para Lok Sabha, eleições para Rajya Sabha, para assembléias legislativas estaduais e várias outras eleições e eleições parciais para conselhos legislativos estaduais e órgãos locais.
Os principais partidos políticos
- Partido Bharatiya Janata (BJP): direita, pró-Hindu, ideologia nacionalista; lidera a coalizão Aliança Democrática Nacional (NDA) e tem sido o partido político governante da Índia nos últimos oito anos;
- Congresso Nacional Indiano (INC): centro a centro-esquerda, partido pega-tudo, social-democrata, laico; uma grande parte envolvida no movimento de independência; dirige a coalizão de oposição da Aliança Progressista Unida (UPA);
- Partido Bahujan Samaj  (BSP): centro-esquerda, igualdade social. É o terceiro maior partido político da Índia, cujo eleitorado é composto principalmente por dalits e castas baixas.


Outros partidos notáveis:
- Dravida Munnetra Kazhagam (AIADMK): centro-esquerda, social-democrata, regionalista
- All India Trinamool Congress (AITC): centro a centro-direita, social-democrata, nacionalista bengali, populista
- Biju Janata Dal (BJD): centro a centro-esquerda, social-democrata, liberal, populista
- Shiv Sena (SS): extrema direita, nacionalismo hindu, conservador, populista
- Telugu Desam Party (TDP): centro-direita, neoliberal, populista, regionalista
- Telegana Rashtra Samithi (TRS): centro-direita, regionalista, conservador
- Partido Comunista da Índia (CPI): extrema esquerda, comunista, marxismo-leninismo
- Partido do Congresso Nacionalista (PCN): centro a centro-esquerda, nacionalista
- Partido Popular Nacional (NPP): centro-esquerda, regionalista, etnocentrista

O Poder Executivo
O presidente é o chefe do Estado e chefe das forças armadas. é eleito indiretamente para um mandato de 5 anos por um colégio eleitoral, constituído de membros eleitos das duas câmaras do Parlamento e das assembleias legislativas de cada estado e terrítório da Índia.

O Primeiro-Ministro é o chefe do governo. É escolhido pelos membros do Lok Sabha (câmera baixa) pertencentes ao partido da maioria, no seguimento das eleições legislativas, para um mandato de 5 anos. É o residente quem, com recomendação do primeiro-ministro, aponta o Gabinete de governo.
O Poder Legislativo
O legislativo é bicameral. O partamento é constituído pelo Conselho dos Estados (Rajya Sabha) e pela Assembleia do Povo (Lok Sabha). O Conselho dos Estados tem 245 assentos, com membros cumprindo um mandato de seis anos; enquanto os 543 membros da Assembléia do Povo cumprem um mandato de cinco anos..
 

Indicador da liberdade de imprensa:

Definição

posição são atribuídas a cada país. Para estabelecer esta classificação, a Repórteres Sem Fronteiras realizou um questionário às organizações parceiras, aos 150 correspondentes da RSF, a jornalistas, investigadores, juristas ou militantes dos direiros humanos, de acordo com os principais critérios – 44 no total – que permitem avaliar a situação da liberdade de imprensa num determinado país. Este questionário faz o levantamento do conjunto das agressões directas contra os jornalistas ou utilizadores da Internet (assassinatos, prisões, agressões, ameaças, etc.) ou contra os media (censuras, embargos, perseguições, pressões, etc.).

Posição mundial:
142/180
Evolução:
3 lugares abaixo em comparação com 2016
 

Indicador de liberdade política

Definição

O indicador de liberdade política fornece uma avaliação anual do estado da liberdade num país, tal como ela é vivida pelas pessoas. A pesquisa mede o grau de liberdade através de duas grandes categorias: a liberdade política e as liberdades individuais. O processo de classificação é baseado numa lista de 10 perguntas relativas aos direiros políticos (sobre o processo eleitoral, o pluralismo político, a participação e o funcionamento do governo) e de 15 perguntas relativas às liberdades individuais (sobre a liberdade de expressão, de crença, o direito de associação, de organização e de autonomia das pessoas). As notas são atribuídas a cada uma destas perguntas numa escala de 0 a 4, em que 0 representa o mais baixo grau de liberdade e 4 o mais elevado grau de liberdade. A nota global de um país é uma média das notas dadas a cada uma das perguntas. Ela vai de 1 a 7, em que 1 corresponde ao mais alto grau de liberdade e 7 ao mais baixo.

Classificação:
Livre
Liberdade política:
2/7

Mapa da liberdade 2017
Fonte: Freedom House

 

Return to top

Alguma observação sobre este conteúdo? Fale conosco.

© Export Entreprises SA, todos os direitos de reprodução reservados.
Últimas atualizações em Outubro 2023